5 doenças oculares mais comuns nos idosos

Dicas para ajudar a controlar a diabetes e a proteger a visão
Março 13, 2020
Mostrar tudo

Com a idade vamos perdendo a sensibilidade de alguns sentidos de forma gradual. Nos idosos é mais frequente começarem a aparecer doenças oculares e, consequentemente prejudicar a qualidade de vida.

Contudo, é necessário estar alerta de todos os sintomas, de forma, a haver um diagnóstico precoce. Conheça as cinco doenças oculares mais habituais na terceira idade.

Complicações devido às doenças oculares

Inicialmente, é importante conhecer algumas complicações na vida dos idosos devido às doenças oculares. Estas são algumas das consequências da perda de visão e doenças oculares:

  • Isolamento social;
  • Mobilidade reduzida;
  • Dificuldade de leitura e/ou escrita;
  • Ansiedade e/ou depressão;
  • Perda de autonomia.

Doenças oculares comuns

1. Presbiopia

Esta doença ocular pode começar a aparecer após os 40 anos, devido ao cristalino que começa a endurecer, ou seja, a lente do olho que permite fazer o foco dinâmico. Esta doença pode ser comparada ao foco de uma câmara quando a mesma começa a ficar lenta, levando à perda do foco nos objetos.

Atualmente, a presbiopia têm tratamento. Este passa por realizar uma cirurgia que devolve o foco à visão e, desta forma, a pessoa consegue alcançar melhor qualidade de vida.

2. Cataratas

Esta doença é muito comum nos idosos e é a principal causa de cegueira. Contudo, esta cegueira pode ser reversível através de uma cirurgia.

As cataratas podem afetar ambos os olhos e os sintomas mais comuns são a perda progressiva da visão, sensibilidade à luz e o aparecimento de uma zona escura no campo de visão central.

3. Olho seco

Um dos fatores que pode influenciar esta doença é o clima, ou seja, ambientes muito quentes ou pouco arejados. Isto acontece pois as glândulas hidratantes dos olhos tornam-se ineficientes com a idade.

Uma forma de combater o olho seco é usar lágrimas artificiais e/ou modificar o ambiente, ou seja, evitar exposição a fumos e ar condicionados.

4. Glaucoma

Esta doença é também uma das principais causas de cegueira nos idosos. O glaucoma manifesta-se de forma progressiva e não dolorosa.

Esta perda de visão é permanente e não pode ser reversível. Deste modo, é fundamental que haja um tratamento precoce para não haver perda de visão total.

5. Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)

Esta doença provoca uma lesão progressiva na mácula (área central e vital da retina ocular) e provoca uma perda de visão gradual.

Esta doença ocular pode advir de diversos fatores, tais como: idade, obesidade, tabagismo, doenças cardiovasculares ou exposição solar.

Aproveite as vantagens do nosso CARTÃO FAMÍLIA e beneficie de diversos descontos. Nas Primeiras Opticas dispomos de profissionais dispostos a ajudá-lo em todas as suas questões. Visite-nos em Massamá.